Trombose em gestantes é incomum, mas tem tratamento

É incomum as mulheres grávidas terem trombose, mas pode acontecer. A proporção é de uma para cada 1000 gestantes que desenvolve a doença, conforme explica o cirurgião vascular Fábio Espírito Santo, e nesse caso é preciso ser feito um tratamento urgente, pois pode complica e virar embolia pulmonar, que é quando um coágulo da perna se desprende e vai para os vasos pulmonares. Um tratamento adequado tira a futura mamãe do risco, e o tratamento deve continuar por certo tempo, mesmo depois do nascimento do bebê. Faça o pré-natal regularmente, essa é a sua segurança.